Home

>>

>>

Infraestrutura de TI: o que fazer para otimizar custos?

Infraestrutura de TI: o que fazer para otimizar custos?

Infraestrutura de TI: o que fazer para otimizar custos?

Compartilhe:

Em um mundo onde lidamos com crises econômicas de tempos em tempos, desenvolver estratégias para reduzir os de infraestrutura de TI e otimizar sua produtividade, passa a ser cada vez mais importante. 

Empresas que não possuem uma atividade central focada em desenvolvimento e infraestrutura de TI podem se beneficiar de medidas específicas nessa área. Por isso, na rotina de um gestor eficiente, é imprescindível considerar essa necessidade. Aproveite a leitura!

Ações para reduzir os custos na infraestrutura de TI

Em primeiro lugar, é preciso refletir com inteligência para criar e executar um plano de ações eficaz. Em alguns casos, as empresas possuem uma infraestrutura de TI que oferece muito mais do que elas realmente precisam. Isso pode fazer com que elas gastem mais tempo, dinheiro e energia do que deveriam. 

Por isso, é essencial avaliar bem o que é realmente necessário e buscar soluções que sejam eficientes e estejam de acordo com os objetivos da empresa. Assim, cada ação planejada pode contribuir de forma significativa para o crescimento e sucesso do negócio.

Escalabilidade

Identificar pontos de escalabilidade e trabalhar na sua otimização é uma forma interessante de começar. Recursos físicos, como servidores, podem ser substituídos por um sistema de armazenamento na nuvem, por exemplo. 

Como mostraremos a seguir, existem serviços que oferecem a possibilidade de crescimento rápido, conforme a demanda, já que não depende de um grande investimento na infraestrutura interna da empresa.

Desse modo, a infraestrutura de TI é contratada como um serviço “pague por uso”, auxiliando na otimização, controle e previsibilidade de custos e proporcionando agilidade para ajustar os recursos às necessidades.

Cloud computing

A computação em nuvem permite não só o armazenamento de dados como também a utilização de ferramentas e softwares diretamente da internet. Essa medida elimina a necessidade de manter um parque tecnológico de servidores próprio, que é bastante oneroso e necessita de investimentos esporádicos em equipamentos, recursos que poderiam ser empregados na atividade central da empresa.

Vale lembrar que esses equipamentos depreciam com o tempo, possuem alto consumo de energia para garantir um bom funcionamento e sua manutenção é bastante significativa, despesas que impactam significativamente o orçamento de um departamento de TI.

O cenário ideal é aquele no qual a empresa possui exatamente a capacidade estrutural que seu negócio exige. Entretanto, com uma infraestrutura interna, isso é quase impossível, já que é preciso ter uma margem para possíveis aumentos ou diminuições na demanda do negócio.

Esse problema também pode ser resolvido pela computação em nuvem. Uma empresa especializada oferece não só uma estrutura sob medida, como fornece o suporte necessário para a manutenção do sistema.

A produtividade é rapidamente percebida com a adoção dessa solução devido à agilidade na resolução de problemas, o que é possível pela quantidade de especialistas em infraestrutura que podem ser acionados na empresa contratada para prestar atendimento imediato.

Isso permite que os departamentos de TI possam focar nas estratégias do negócio, eliminar ou reduzir plantões e até mesmo tirar férias ou folgar em feriados e fins de semana sem se preocupar com disponibilidade dos sistemas. A perda de um analista de suporte “chave”. Sem falar da substituição de equipamentos obsoletos, que deixam de ser de responsabilidade de sua empresa. Os benefícios são muitos. 

Consolidação de servidores

Um problema muito comum enfrentado por empresas em fase de crescimento é a utilização de servidores diferentes para finalidades distintas. Isso gera não só um problema para a manutenção causado pela disparidade entre as idades dos servidores, como aumenta o consumo de energia e a depreciação dos equipamentos. O melhor caminho é replanejar a infraestrutura de forma que os servidores estejam consolidados.

Previsibilidade e controle da infraestrutura de TI e do negócio

Não há como falar em benefícios para a gestão de uma empresa, ou equipe, sem considerar o controle sobre os recursos. No processo descrito aqui, um dos resultados a serem destacados é o significativo aumento da previsibilidade de gastos e de investimentos necessários.

A manutenção de uma infraestrutura interna de TI é extremamente complicada. Diversos custos podem ser planejados e, ainda assim, um problema inesperado pode gerar gastos altíssimos, já que é um recurso que não pode falhar e ficar indisponível, a solução deve ser imediata e eficaz.

Planejamento de gastos

Estabelecer um contrato com uma empresa terceirizada que ajude a cuidar da infraestrutura de TI permite que sua gestão passe a contar com um planejamento mais assertivo, sem a interferência dos imprevistos citados. Com equipes de profissionais qualificados na sua empresa, você poderá manter os gastos dentro do planejado e ainda ganhar em segurança e disponibilidade. 

Segurança e resposta rápida

É possível que você se questione quanto à diferença de qualidade de um data center próprio e o de uma empresa especializada. Se os seus servidores podem sofrer com algum problema, como garantir que aqueles que sustentam a nuvem, não estão sujeitos à mesma sorte?

A resposta é mais simples do que parece. Empresas especializadas nesse serviço tem sua estrutura de custos voltada para uma infraestrutura com alto controle de seu funcionamento, vários níveis de proteção contra ameaças físicas e virtuais, múltiplos servidores e storages de ponta, recursos efetivos de virtualização e profissionais especializados e certificados nas mais diversas competências sobre todas essas camadas de tecnologia.

Além de tudo isso, empresas que prestam serviços de cloud computing devem possuir um rígido controle de backups para evitar perdas de informações, também contam com muito mais espaço disponível para realocar seus dados. Caso haja algum problema, basta que eles redirecionem seu servidor virtual.

Ou seja, é uma estrutura profissional cujos custos são diluídos entre os clientes (na modalidade nuvem pública), gerando economia e, ao mesmo tempo, permitindo o acesso a um parque tecnológico de alta qualidade, antes restrito a grandes grupos empresariais.

A previsibilidade de seus recursos passa a ser um ponto a seu favor. É possível prever a necessidade de um aumento ou diminuição da capacidade de seus sistemas e solicitar essa modificação rapidamente. Elimine os gastos inesperados!

Saiba mais acessando nossa página Serviços Gerenciados de TI.

 

Autor: Carlos A. Rodrigues
Revisores: Equipe IT Service Center
Edição e Publicação: Andressa Castro
Membros do time: “IT Service Center – OnSet Tecnologia”

× Como podemos ajudar?